Viver e não ter a vergonha de ser feliz

Viver e não ter a vergonha de ser feliz. Cantar (e cantar e cantar)a beleza de ser um eterno aprendiz. Ah meu Deus! Eu sei, eu sei que a vida devia ser bem melhor e será mas isso não impede que eu repita: é bonita, é bonita e é bonita ♫

Quem nunca ouviu essa canção? Pô-la em prática é melhor ainda. Esse mês de julho, meu esposo e eu tiramos férias em um dos lugares mais lindos do mundo: Cancún.

O contato visual foi esplendoroso, me emocionei muito. Outra coisa que me fez pensar, e me levou à emoção mais uma vez, foi lembrar de outros momentos em que ir à praia era assombroso pra mim, principalmente se usasse biquíni.

Como é importante o apoio de quem você ama! Faz toda a diferença.

No meu momento bad, de complexo, baixa autoestima, meu esposo esteve o meu lado me dando forças e trazendo palavras de conforto: “você é linda”, “te amo de qualquer jeito”, “seu caráter que valeu quando te escolhi”, “se não estiver satisfeita com seu corpo, podemos procurar um profissional”.

Me sentia péssima, principalmente se visse alguém de corpo “padrão”. Eu não tirava a canga enquanto estava na praia, ainda mais porque existe até hoje aqueles olhares maldosos de crítica e preconceito (banana pra eles).

Um elogio coloca toda mulher pra cima.

Eu comecei a acreditar nas palavras do Lucas e a buscar mais sobre as Plus Size. O que mais me tocou quando estava sentada na areia e meditando foi que eu consegui me despir da saída de praia.

Não me importei com as “dobrinhas” nas minhas costas, muito menos com o celulite da minha perna. Não me preocupei com os olhares tortos, muito menos me foquei neles, simplesmente aproveitei aquele paraíso. E que delícia!

Quando seu interior está bem, todo externo acompanha. Faça como Gonzaguinha, VIVA e não tenha vergonha de ser FELIZ. Veja meus posts aqui no Blog e acompanhe meu Instagram e meu blog! É isso pessoal, nos vemos na próxima. Mil beijinhos.. XOXO 🙂

24 Comments

  • Kelly Mathies

    A gente precisa aprender a se amar, a amar nossas dobrinhas, nossas gordurinhas, nossos excessos, porque é justamente isso que faz sermos quem somos ♥ Apesar de ser difícil entender ou se aceitar depois de receber tantas críticas, acabamos nos dando conta de que se sentir bem consigo mesma é a melhor coisa que tem. Adorei o post.

    Responder

  • Gabriella Caruso

    Klissia, você é linda e me deixa MUITO feliz ver uma mulher empoderada assim <3
    É muito bonito ver cada dia mais as pessoas não tendo vergonha do seu corpo e se aceitando do jeito que são. Gordinhas, muito magras, com estrias, com celulite, altas, baixas. Todas somos lindas do jeitinho que somos, não é?
    Beijos <3

    http://www.madamices.com

    Responder

    • Klissia Mafra

      Sim! Somos todas lindas ♥ Independente de circunstância, momento ou situação, somos melhores do que qualquer preconceito. Fico feliz que tenha gostado, volte sempre!

      Responder

  • Anali Silva

    Minha lindaaa…adorei seu post e o blog também claro! Hoje em dia em que nós mulheres tb lutamos contra o preconceito e “padrões” que são impostos pela sociedade é muito importante lermos histórias e experiências sobre como um dia nos sentimos feias, gordas, magras demais, com a aparência cansada etc etc…eu passei por uma grande mudança tb tanto exterior como interior e hj me amo acima de qlquer coisa!!!
    Parabéns

    Um bjo grande!!!????????????

    Responder

  • Vany Nunes

    Aeeeeeee lindona! Isso mesmo! Que lindo depoimento.Fiquei emocionada junto co com vc! É muito bom nos amar.Parabéns pelo maridão que tem te ajudado com tantas palavras verdadeiras e carinhosas! Vc merece!

    Responder

  • Sâmia Laços

    Com relação a autoestima, meu namorado tem sido um super parceiro e me ajudado dia após dia. É tão bom termos esse apoio, né?

    Responder

  • Heloísa Lofrano

    É isso aí linda! Temos que nos amar, independente do que a sociedade dita como belo. Vc disse tudo, quando nosso interior está bem, nada mais nos afeta. Se quiser emagrecer é por você, se quiser engordar é por você. Porque sempre alguém vai olhar torto, vão falar “Nossa ela é magra demais”, “Nossa ela é gorda”, “Nossa que mulher alta, como é esquisita”, “Nossa, olha que menina baixinha”. Tem pessoas que gostam de criticar. Você estava em um Paraíso e fez MUITO BEM em aproveitar. Beijão!!!

    Responder

    • Klissia Mafra

      Obrigada pelas palavras de carinho. É como foi dito, precisamos amar ao próximo como A NÓS mesmos, se não houver esse amor, sobretudo próprio, de nada seríamos. Volte sempre ♥

      Responder

  • Kimberly Camfield

    Oi Klissia! Fiquei tão feliz em saber que você conseguiu se aceitar <3
    Afinal, todo mundo é bonita exatamente do jeitinho que é e não devemos deixar que ninguém diga o contrário. Como você disse "banana pra eles" haha
    E acredite fiquei chateadíssima quando você falou que as pessoas ainda olham com crítica e preconceito. Puxa, acho tão desrespeitoso alguém ficar julgando outra pessoa, ainda mais sem conhecer. Cada um deveria cuidar do seu corpo e da sua vida.
    Beijão e amei seu post, achei bem empoderador <3
    "Quando seu interior está bem, todo externo acompanha."

    Responder

    • Klissia Mafra

      Sim, existe muito. Não só com aqueles que estão acima do peso, mas com qualquer pessoa que não encaixe no padrão de quem tem esse tipo de olhar preconceituoso. Mas bola pra frente, fazer diferente e assim teremos mais pessoas se amando por aí, e mais uma vez, banana pra eles rsrs. Volte sempre Kim ♥

      Responder

  • Tais Burigo

    Oi tudo bem?
    Acredito que a gente tem que se amar do jeito que somos afinal amor próprio e tudo nessa vida né? hahaha. Mulher você é bem girl power te adorei <3

    Beijos

    Responder

  • Erica Oliveira

    E tudo isso é libertador! Cara, como plus size que sou eu fico tão feliz por ti, esse momento é algo realmente que se deve comemorar muito pq não existe nada como esse sensação de poder fazer as coisas e não ter a vergonha de ser feliz rs Pq acho que pessoas complexadas não conseguem se sentirem felizes até se libertarem 🙂

    Responder

  • Erika Monteiro

    Oie, tudo bem? Que post mais inspirador. Acredito que devemos ter segurança em nos aceitar como somos, nos amar de qualquer forma, independente da forma física. Devemos nos sentir bem ao olhar para o espelho e ver o melhor de nós. Já fui muito gordinha e não era feliz. Precisei descobrir o que realmente me fazia feliz e chegar onde queria estar. Beijos, Érika =^.^=

    Responder

  • Leatrice Cristine da Silva Barros

    Oiiie

    Amo essa música e também a acho muito dificil de pô-la em prática. Mas é um exercício diário. E simm, temos que buscar nossa auto aceitação. Afinal, se não nos amarmos, quem o fará por nós?

    Beijos!

    Responder

  • Jéssica Lobo

    Parabéns REAL! Eu sei como você se sente. Eu sou magra e tenho quadril largo e coxas grossas. Até acho bonito, mas sofro ás vezes. Parece que o mundo sempre quer mais. Fiquei 4 anos sem colocar biquíni. Tudo piorou depois de um relacionamento abusivo que tive. Hoje com uma rotina de exercícios e o melhor noivo do mundo, estou beeem melhor. Claro que ainda tenho dias ruins, mas são mais fáceis de lidar do que antigamente. Ver pessoas como você só dão mais força! Afinal, a gente tem que engolir um espelho e se amar por dentro de vez em sempre! Beijos <3

    Responder

Leave a Reply